13 ensinamentos de São João Paulo II

  • 13ensinamentos
  • maxresdefault

1 – Amar é o contrário de utilizar.

2 – Se queres a paz, trabalha pela justiça. Se queres a justiça, defende a vida. Se queres a vida, abraça a verdade, a verdade revelada por Deus.

3 – É hora de redescobrir, queridos irmãos e irmãs, o valor da oração, sua força misteriosa, sua capacidade de voltar a nos conduzir a Deus e de nos introduzir na verdade radical do ser humano.

4 – A pior prisão é um coração fechado.

5 – A vocação do cristão é a santidade, em todo momento da vida. Na primavera da juventude, na plenitude do verão da idade madura, e depois também no outono e no inverno da velhice, e por último, na hora da morte.

6 – Com o Rosário o povo cristão aprende de Maria a contemplar a beleza do rosto de Cristo e a experimentar a profundidade de Seu amor.

7 – A Igreja de hoje não precisa de “cristãos em tempo parcial”, mas sim de cristãos em tempo integral.

8 – Nem todos estão chamados a ser artistas no sentido específico da palavra. Entretanto, segundo a expressão do Gênesis, a cada homem é confiada a tarefa de ser artífice da própria vida; de certo modo, deve fazer dela uma obra de arte, uma obra-prima.

9 – Rico, de fato, não é aquele que tem, mas aquele que dá.

10 – A Mãe de Cristo se apresenta diante dos homens como porta-voz da vontade do Filho, indicadora daquelas exigências que devem cumprir-se para que possa ser manifestado o poder salvador do Messias.

11 – A santidade é a força mais poderosa para levar Cristo ao coração dos homens.

12 – Numa plena e ativa participação no Sacrifício Eucarístico e na vida litúrgica completa da Igreja, todo o povo encontra a primeira e indispensável fonte do verdadeiro espírito cristão. Na Eucaristia encontra a força que o torna capaz de dar ao mundo o testemunho de vida.

13 – Os pobres em espírito são aqueles que são mais abertos a Deus e às maravilhas de Deus..

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Log in